Confira algumas dicas de passeios na região

  • traço

Vale dos Vinhedos

Localizado na Serra Gaúcha e inserido no encontro dos municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul, o Vale representa o legado histórico, cultural e gastronômico deixado pelos imigrantes italianos que chegaram à região em 1875, em perfeita harmonia com as modernas tecnologias para produção de uva e vinhos finos e infraestrutura turística de alta qualidade.

Com paisagens apaixonantes que apresentam diferentes tonalidades nas quatro estações do ano, o Vale dos Vinhedos encanta também pela hospitalidade de seus moradores e pela qualidade dos serviços e produtos oferecidos.

  • turismo-vale

Pequenas propriedades rurais compartilham o território com vinícolas de diferentes portes, contemplando desde cantinas familiares, boutiques e de garagem, assim como grandes empresas que contam com parcerias internacionais.

Os vinhos do Vale dos Vinhedos apresentam identidade, sendo os únicos no Brasil a deterem Denominação de Origem. A região foi a primeira no país a ser reconhecida como Indicação Geográfica, sendo garantida pela Aprovale a origem dos vinhos finos aqui produzidos.

As vinícolas e atrações situadas no vale estão abertas à visitação ao longo de todo o ano. Assim como podem ser realizadas visitas guiadas, degustações comentadas e jantares harmonizados. Complementando a oferta turística, hotéis, pousadas, restaurantes, bistrôs, ateliês de arte, armazéns de queijos, doces e geleias coloniais e gourmet estão distribuídos ao logo da rota que reserva inúmeras outras atrações aos que ingressam neste vale encantador.

Fone: (54) 3451-9601 - www.valedosvinhedos.com.br

  • traço

Caminhos de Pedra

A arquitetura e os costumes dos imigrantes preservados através do tempo.

A história de um povo contada em forma de arquitetura, paisagens e costumes. Assim poderia ser definido o roteiro Caminhos de Pedra. Patrimônio Histórico do Rio Grande do Sul (Lei 13.177/09), o roteiro com 12km de extensão resgata o passado em busca da valorização e preservação dos costumes dos imigrantes italianos. 

  • turismo-caminhos

As centenárias casas de pedra da rota incluem moinhos, cantinas coloniais, casa de massas caseiras, teares, casa de doces e muito mais, deixando lado-a-lado a história e as experiências de vida dos imigrantes e seus descendentes. Que tal moer a própria erva-mate do chimarrão? Ou quem sabe acompanhar de pertinho a criação de ovelhas? Os Caminhos de Pedra são assim: um resgate constante da herança cultural que espera pela sua visita.

Fone: (54) 3455-6333 - www.caminhosdepedra.org.br

  • traço

Vale do Rio das Antas

Mais que uma vista, uma vida e um clima encantadores.

O Vale do Rio das Antas é um dos cenários mais lindos e exuberantes de Bento Gonçalves. Não bastasse a vista magnífica, o lugar ainda abriga encantos que contam diferentes aspectos da imigração italiana e aproxima o homem da natureza. Ao longo do trajeto encontram-se produtos de ótima qualidade como licores, cachaças, vinhos, espumantes, sucos naturais e chimias. Todos de ótima qualidade e com uma característica peculiar: atendimento familiar na maioria dos estabelecimentos. 

  • vale-das-antas-villa-michelon-hotel

É ao longo deste passeio que fica a Ponte Ernesto Dorneles, também conhecida como "Ponte do Rio das Antas", uma das maiores do mundo em arcos paralelos suspensos. Outro ponto de visitação imperdível é o Mirante da Ferradura, local onde as águas do Rio das Antas formam uma enorme ferradura ao redor de uma montanha. Mas ainda tem mais. Descubra o que fazer neste roteiro, você vai levar para sempre as melhores lembranças nos olhos e no seu coração.

Fone: (54) 3458-1538 - www.valedoriodasantas.com.br

  • traço

Cantinas Históricas

Viva momentos marcantes. Leve para sempre nos olhos e no coração as lembranças deste roteiro encantador. As histórias e memórias de um povo acompanhados dos melhores vinhos. É hora de saborear o melhor da culinária dos imigrantes, deliciar-se com os melhores vinhos e principalmente perceber as histórias e a cultura dessa região. Os imigrantes provenientes do Vêneto e do Trento, norte da Itália, encontraram as condições ideais para desenvolver a arte do vinho nas encostas de Farias Lemos.  

  • turismo-cantinas-historicas

Usadas originalmente para guardar os mantimentos, as cantinas são um lugar carregado de saberes e memória que retratam a vida do colono em uma experiência inesquecível. Ao entrar no clima dos aromas, da paisagem vitícola e dos sons únicos da localidade que preservam sua cultura de modo especial, os visitantes experimentam vinhos típicos, sucos, espumantes e a gastronomia cultural. As cantinas oferecem almoços e jantares com cardápios típicos italianos e regionais (com reservas antecipadas). Para completar o passeio, não esqueça de apreciar a vista do Mirante do Campanário. Uma vista deliciosa, como tudo o que você encontra por este caminho.

Fone: (54) 3439-1242 - www.cantinashistoricas.com.br

  • traço

Encantos de Eulália

A Linha Eulália está inserida no interior do município de Bento Gonçalves. Em 2013 foi organizada a Rota Rural Encantos de Eulália com o objetivo de receber visitantes, oferecendo um passeio de puro charme e encanto em um trajeto surpreendente, composto por belas paisagens e uma variedade de atrativos: degustar um bom vinho, saborear uma comida típica italiana, encantar-se pelo valor às amizades e pela energia da aventura.

  • turismo-encantos-de-eulalia

A Linha Eulália está inserida no interior do município de Bento Gonçalves. Em 2013 foi organizada a Rota Rural Encantos de Eulália com o objetivo de receber visitantes, oferecendo um passeio de puro charme e encanto em um trajeto surpreendente, composto por belas paisagens e uma variedade de atrativos: degustar um bom vinho, saborear uma comida típica italiana, encantar-se pelo valor às amizades e pela energia da aventura.

Os primeiros imigrantes vindos do norte da Itália se instalaram na região em 1878.Com muito trabalho e fé formaram a Linha Eulália, onde posteriormente houve a divisão em duas comunidades: Santa Eulália, na Linha Eulália Alta e Monte Bérico, na Linha Eulália Baixa, como são até hoje conhecidas.
Foram conservados até hoje nas famílias da região os usos e costumes que caracterizam o jeito simples de viver típico do interior. A Associação Turística Linha Eulália foi fundada em 26 de outubro de 2012, a fim de desenvolver e fomentar o turismo na região.

www.encantosdeeulalia.com.br